Viviane Lima lançará sua pré-candidatura a deputada federal neste sábado (2)

O evento ocorrerá no Da Vinci Hotel Convetions, no bairro Adrianópolis, em Manaus, às 15h.

Viviane Lima, defensora da causa da Pessoa com Deficiência, lançará oficialmente a sua pré-candidatura a deputada federal neste sábado, dia 2 de julho. O evento ocorrerá no Da Vinci Hotel Convetions, no bairro Adrianópolis, em Manaus, às 15h. Em suas redes sociais, Viviane postou um convite especial: “Venha fazer parte desse momento importante da nossa caminhada”. Há 23 anos, Viviane é militante dos direitos da Pessoa com Deficiência e busca promover a inclusão e o tratamento adequado no Instituto Social “Que a Inclusão Vire Rotina”.


Viviane falou com exclusividade ao Plantão 24 Horas sobre esse momento e a importância dessa pré-candidatura para a causa a que defende e para a mudança na vida da Pessoa com Deficiência, lutando pelos direitos e a correta aplicabilidade da lei.


“Esse momento para mim é de decisão muito importante porque se torna um divisor de águas e toda a realidade que eu vivi e que eu vivo com as minhas filhas, e na convivência com a Pessoa com Deficiência; então eu lido todos os dias com famílias que sentem na pele a falta de tudo; a não aplicabilidade da lei, as faltas das terapias, a falta de um olhar de fato que possa dar uma esperança de uma mudança de vida…”


E continuou…


“Então eu me coloco no lugar dessas mães também. São 23 anos que eu vivo e que eu trabalho com a Pessoa com Deficiência; convivo, cuido, luto. Então eu acredito que essa decisão é para que a Pessoa com Deficiência possa estar nos lugares de decisão, acredito que só a partir daí que as mudanças podem acontecer”, disse Viviane Lima.

LEIA MAIS:

Viviane Lima, do Instituto Social “Que a Inclusão Vire Rotina”, conta sua história no programa Olha já Podcast

CAUSA

Viviane Lima é defensora da causa da Pessoa com Deficiência, e iniciou a sua jornada há 23 anos, após descobrir que estava grávida de duas crianças com microcefalia: Ana Victória (23 anos) e Maria Luiza (20 anos). Foi a partir daí que sua luta em favor da Pessoa com Deficiência iniciou. E hoje, através do Instituto Social “Que a Inclusão Vire Rotina”, busca, cada vez mais, alcançar os direitos e promover a inclusão e acessibilidade para aqueles que não têm.

Texto: Rodrigo Falcão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *