Prefeitura de Manaus realiza segunda edição do ‘Sabadão da Saúde’

Na primeira edição, realizada no último dia 6, foram atendidas mais de 11 mil pessoas ao longo do dia.

Foto: Divulgação

Em mais uma mega-ação do ‘Sabadão da Saúde’, a Prefeitura de Manaus convoca a população a comparecer em um dos 44 pontos de saúde que funcionarão neste sábado, 13/8, a partir das 8h, durante oito horas ininterruptas, com a proposta de oferecer horários alternativos e ampliar o acesso aos serviços de saúde.

Nesta segunda edição, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), responsável pela ação, tem como público preferencial as pessoas com suspeita ou confirmação de diabetes e hipertensão, gestantes desde o primeiro mês de gravidez, mulheres com idade entre 25 a 64 anos que precisam realizar o exame de prevenção do câncer de colo do útero e, ainda, crianças de 0 a 14 anos em atraso no calendário vacinal.

O titular da Semsa, Djalma Coelho, destaca que o “Sabadão” é uma oportunidade para que a população, que durante a semana tem pouco tempo para dar atenção à saúde, possa se dedicar aos cuidados recorrendo a unidades básicas que estão distribuídas em todas as zonas geográficas da cidade, que atenderão na modalidade “porta aberta”, dispensando o agendamento.

“Não há necessidade de agendar, fazer ficha ou qualquer outro procedimento, é chegar, ser acolhido e, em seguida, encaminhado ao serviço de saúde. É muito importante que a população priorize essa tarefa, comparecendo a uma das nossas unidades. É um trabalho que mobiliza muita gente e demanda esforço. Estamos seguindo as orientações do prefeito David Almeida de aprimorar a qualidade dos serviços de saúde para que nossa população tenha mais qualidade de vida”, explicou o secretário de saúde.

Estão mobilizados, para a realização do evento, aproximadamente 1,5 mil servidores da Semsa. Na primeira edição, realizada no último dia 6, foram atendidas mais de 11 mil pessoas ao longo do dia.

Ação

A estratégia contempla quatro edições da mega-ação de saúde, realizadas sempre aos sábados ao longo do mês de agosto, sendo que, no dia 20, tanto o número de unidades quanto de servidores envolvidos, será ampliado por conta do Dia D de Vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação.

O secretário Djalma Coelho acentua que a estratégia é direcionada especialmente às crianças de 0 a 14 anos em atraso com os imunobiológicos que fazem parte do calendário básico, sobretudo para as menores de 1 ano em atraso com as vacinas contra a poliomielite e a pentavalente, que são aplicadas aos dois, quatro e seis meses de vida.

“Apelamos aos pais que levem as crianças em atraso com as vacinas básicas, porque esse é um passo fundamental para garantirmos o bom desenvolvimento delas. Essa medida vai impedir que doenças que comprometem a saúde dos pequenos ressurjam. Estamos fazendo o possível para aumentar a cobertura vacinal, mas essa estratégia só terá sucesso com o engajamento da população”, assegurou.

Serviços

Os usuários com confirmação ou suspeita de hipertensão ou diabetes, terão acesso a consultas, aferição de pressão arterial, exame de hemoglobina glicada, renovação da receita e dispensação de medicamentos. As pessoas nessas condições que não passaram por avaliação médica nos últimos quatro meses, devem ir a uma das unidades e, se possível, apresentar receitas e exames anteriores para apoiar a avaliação.

O público feminino poderá fazer consulta de pré-natal a partir do primeiro mês de gestação. As mulheres grávidas que ainda não começaram ou que não compareceram a uma das seis consultas exigidas para o pré-natal podem ir à UBS mais próxima de casa para receber as orientações e atendimentos necessários. As que têm entre 25 e 64 anos podem fazer coleta de exame preventivo, medida fundamental para identificação e tratamento precoce do câncer do colo do útero.

O levantamento da Diretoria de Inteligência de Dados da Semsa mostra que 43 mil pessoas são consideradas prioridade para o “Sabadão da Saúde”, porque estão atrasadas em um ou mais itens dos seus acompanhamentos na rede de atenção básica. Desse total, 16.062 pessoas com diagnóstico de diabetes e 29.887 com hipertensão estão pendentes com as consultas e exames necessários para controlar as doenças.

A estimativa também mostra informações importantes sobre as mulheres gestantes, que precisam fazer seis consultas para ter um bom acompanhamento no período gestacional. No total, 1.697 estão com atendimentos pendentes, ou seja, não compareceram a uma unidade para fazer consultas, exames, receber orientações e outros cuidados, que permitem a saúde tanto da mãe quanto do bebê.

A Semsa reforça aos usuários que levem documento de identificação com foto e CPF ou Cartão Nacional de Saúde (CNS). A lista dos pontos de saúde que funcionarão neste sábado poderá ser conferida a partir das 17h, desta sexta-feira, 12/8, acessando o site da Semsa (semsa.manaus.am.gov.br) ou, diretamente, o link bit.ly/UnidadesSabadao,  e também pelas redes sociais da secretaria (@semsamanaus, no Instagram e Semsa Manaus, no facebook).

Fonte: Portal Chefão da Notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *