PF prende 15 funcionários de aeroporto que enviavam drogas para o PCC

A ação mira ainda dois traficantes do PCC que são os responsáveis pelo esquema e que cooptavam os funcionários para fazer o transporte acontecer.

Uma megaoperação da Polícia Federal, deflagrada na manhã de hoje (19), prendeu 15 funcionários do Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Eles são suspeitos de integrar um esquema internacional de tráfico de drogas e tinham a função de embarcar a mercadoria sem que ela fosse fiscalizada.

De acordo com a PF, a operação acontece nas cidades de Guarulhos, Praia Grande, São Paulo, Sorocaba e também em Portugal, para onde lotes de entorpecentes eram enviados e distribuídos para a Europa.

Os agentes cumprem no total 23 mandados de prisão e outros 24 de busca e apreensão. As investigações apontam que dos 23 alvos de prisão preventiva, 18 são funcionários do aeroporto.

A ação mira ainda dois traficantes do PCC que são os responsáveis pelo esquema e que cooptavam os funcionários para fazer o transporte acontecer.

O papel dos colaboradores era embarcar as drogas no porão dos aviões sem que as mesmas passassem pelo raio-x da polícia. Agora, os envolvidos podem pegar até 25 anos de prisão.

Fonte: Portal do Holanda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *