Peixeiro baleado na cabeça em Iranduba morre em hospital em Manaus

A polícia investiga o que teria motivado a execução do peixeiro, que era bastante conhecido e querido na comunidade

O peixeiro Magno Medeiros Cascais, de 36 anos, morreu depois de ser baleado na cabeça na noite desse último sábado (2), no Distrito de Cacau Pirêra, no Iranduba. Magno chegou a ser socorrido com vida e foi trazido para o Hospital João Lúcio, em Manaus, mas morreu durante a madrugada.

Uma testemunha, de 21 anos, contou à polícia que viu o momento em que um pistoleiro desconhecido atirou no peixeiro. Ele relata que era por volta das 22h, quando tudo aconteceu. Magno caminhava na avenida Amazonino Mendes e estava a caminho de uma parada de ônibus.

De repente, o homem surgiu armado e disparou várias vezes na cabeça por trás. Em seguida, ele saiu correndo. A polícia investiga o que teria motivado a execução do peixeiro, que era bastante conhecido e querido na comunidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *