Papa pede desculpas aos indígenas por ações da igreja católica

Aproximadamente 150 mil crianças indígenas fizeram parte dessas escolas onde os alunos têm alimentação e residência determinados pela igreja

O Papa Francisco realizou pedido de desculpas aos povos indígenas do Canadá, nesta segunda-feira, (25), por abusos feitos pela Igreja católica em varias áreas do país em manutenção de internatos onde registraram casos de violência contra crianças.

“Vim à sua terra para lhes contar pessoalmente a minha dor, implorar o perdão, a cura e a reconciliação de Deus, para expressar minha proximidade e rezar com vocês e por vocês”, Contou o Papa.

Aproximadamente 150 mil crianças indígenas fizeram parte dessas escolas onde os alunos têm alimentação e residência determinados pela igreja. Embora esse número seja elevado, 5 mil morreram e outras foram vítimas de violência.

O chefe do Estado do Vaticano relatou estar envergonhado e triste com a situação. “Sabemos como a política de assimilação, que incluía essas escolas, foi nefasta”, confessou Francisco aos representantes indígenas na província de Alberta.

O Papa havia efetuado o pedido de desculpas à distância em abril deste ano, ele está no país para uma visita oficial que deve durar seis dias.

*Com informações da ISN e G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *