Número de casos de rabdomiólise sobe para 54 no Amazonas

Do total de casos, 36 são em Itacoatiara (sendo um óbito), quatro em Silves, quatro de Borba, três em Manaus, três em Parintins, um em Caapiranga, um em Autazes, um em Maués e um em Manacapuru.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) informou que recebeu quatro novas notificações de casos de rabdomiólise, nesta quinta-feira (2). Agora, são 54 casos da síndrome notificados no estado, associada à “doença da urina preta”.

Do total de casos, 36 são em Itacoatiara (sendo um óbito), quatro em Silves, quatro de Borba, três em Manaus, três em Parintins, um em Caapiranga, um em Autazes, um em Maués e um em Manacapuru.

Na quarta (1º), a SES-AM emitiu comunicado direcionado aos moradores de Itacoatiara, onde se concentra a maioria dos casos, no qual restringe por um período de 15 dias, o consumo de peixes das espécies Pirapitinga, Pacu e Tambaqui, de origem de pesca de rios e lagos.

Nesta quinta-feira, permanecem internados nove pacientes em Itacoatiara, dois em Manaus, três em Parintins e um em Manacapuru. Os pacientes internados são todos adultos e estão clinicamente estáveis.

Pacientes com sintomas de rabdomiólise do interior deverão fazer o primeiro atendimento no hospital ou outra unidade de saúde do município e, caso haja necessidade, a unidade hospitalar deverá fazer o encaminhamento para a capital, inserindo a chamada no Sistema de Transferência de Emergências Reguladas (Sister).

FONTE: G1 AM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *