Jovem é suspeito de invadir casa e matar ex-professora a facadas

O ex-aluno cometeu o crime por ter levado broncas da professora na escola

Nessa quarta-feira (24), um homem, de 24 anos, foi preso suspeito de matar a facadas a professora Cleide Aparecida dos Santos, de 60 anos, em Inhumas, Goiânia. O jovem confessou o crime à polícia e disse que matou porque a vítima dava bronca nele na sala de aula. 

O crime foi testemunhado pelo filho da professora. O mesmo ficou ferido ao tentar impedir a morte da mãe. A polícia, ele contou que, por volta das 00h40, o ex-aluno pulou o muro da residência e, ao entrar na casa, já foi partindo para cima da professora. Ele a golpeou várias vezes.

Ao tentar segurá-lo, o filho de Cleide foi golpeado. Após o assassinato, o suspeito do local fugiu pulando o muro novamente. Tudo foi filmado por câmeras de segurança da área. 

A polícia encontrou o homem horas depois dentro de um pronto-socorro. Ele cortou o pé enquanto pulava o muro e precisou levar pontos.  O suspeito relatou que odiava a professora que o repreendia na sala de aula por bagunçar e por vender drogas nas imediações da instituição escolar

A professora Cleide lecionava há 37 anos e, atualmente, não estava mais na escola onde havia dado aula para o jovem. Ela deixou o cargo em janeiro deste ano. A vítima ainda chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O filho dela recebeu alta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *