Homem assassinado dentro de motel era diretor de escola e gerente da Semed em Manaus

O caso segue sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

O homem identificado como Mário Nunes de Moraes, de 40 anos, que foi assassinado na manhã desta quinta-feira (21), dentro de um motel localizado no bairro Coroado, era professor e diretor da Escola Municipal Santa Rosa II, que fica na zona rural de Manaus.

Além de estar no cargo de diretor na escola, o professor Mário Nunes dava aula para crianças de séries iniciais e era servidor de carreira da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e atuava como titular da Gerência Administrativa da Divisão Distrital da Zona Rural da Semed desde 2014.

Ele era especialista em Pesquisas Educacionais pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e licenciado em Normal Superior, além de ser graduado em Pedagogia, o professor estava cursando MBA em Governança Pública e Gestão Administrativa.

Durante a manhã, após o professor ter sido encontrado sem vida, a SEMED emitiu uma nota de pesar lamentando o assassinato cruel.

Segundo a polícia, a linha de investigação aponta que Mário teria sido assassinado com uma pancada na cabeça. Ele teria dado entrada no motel acompanhado de outros dois homens durante a madrugada, que o abandonaram sem vida no local e fugiram pulando o muro.

O caso segue sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Fonte: CM7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *