Diretor da Caixa é encontrado morto na sede do banco

A Diretoria de Controles Internos e Integridade é responsável pelo recebimento e acompanhamento de denúncias feitas por funcionários através dos canais internos do banco.

O diretor de Controles Internos e Integridade da Caixa, Sérgio Ricardo Faustino Batista, 54, foi encontrado morto na noite desta terça-feira (19), no edifício-sede do banco, em Brasília. Apurações preliminares apontam um possível caso de suicídio.

O corpo do diretor foi encontrado na área externa do prédio por vigilantes que estavam. A ocorrência foi registrada pela Polícia Civil do Distrito Federal. A Polícia Federal foi comunicada para dar sequência nas investigações.

A tragédia dentro dentro do banco pode ter relação com o recente escândalo de assédio, uma vez que a diretoria de Sérgio Faustino Batista tinha ligações diretas com a presidência da instituição, comandada anteriormente por Pedro Guimarães, que deixou o cargo após as denúncias de assédio se tornarem públicas.

A Diretoria de Controles Internos e Integridade é responsável pelo recebimento e acompanhamento de denúncias feitas por funcionários através dos canais internos do banco.

Depois da eclosão do escândalo, o banco admitiu a existência de uma denúncia de assédio apresentada em maio por meio dos canais internos. O caso poderia ter sido levado à cúpula da Caixa com exclusividade, sem os trâmites internos legais. Sérgio Faustino Batista continuou no cargo mesmo depois da saída de Guimarães. Ele era funcionário de carreira e já tinha integrado trabalhado diretamente com o ex-presidente da Caixa.

Fonte: CM7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *